A evolução do termo SEO – Dos Flinstones aos Jetsons

25 de agosto de 2014 by in category Internet with 0 and 0
Home > Blog > Internet > A evolução do termo SEO – Dos Flinstones aos Jetsons

O futuro chegou!

E com ele o OC/DC (Otimização de conteúdo para a busca e conversão), deixando para trás o SEO, indo muito além dos motores de busca, olhando a internet como um todo.

Como vimos lá no passado (texto anterior), muitas empresas acabam se prendendo a um simples conjunto de palavras-chave e esquecem de trabalhar em cima de um conteúdo bem estruturado. Limitamos nossa análise a certas métricas, enquanto existem outras KPI’s que podem nos nortear a obter um engajamento bem mais atrativo.

Aqui estão algumas estatísticas importantes que explicam o porquê da sua empresa alocar mais recursos de marketing baseado no OC/DC:

  • Empresas B2B que possuem um blog geram 67% mais leads por mês do que aqueles que não possuem.
  • 62% das empresas terceirizam seu marketing de conteúdo.
  • 41% dos comerciantes confirmam que um marketing de conteúdo aumenta o ROI.
  • 37% dos comerciantes dizem que os blogs são o tipo mais valioso de marketing de conteúdo.
  • 90% dos consumidores acham que um conteúdo personalizado é extremamente útil.
  • 78% dos consumidores acreditam que as organizações que oferecem conteúdo personalizado querem construir boas relações.

Com isso e baseado no post do CopyBlogger, abaixo listei 5 maneiras de trabalhar o OC/DC na sua empresa:

1 – Uma coisa que faço na maioria das vezes é linkar meus artigos antigos e novos aqui do Ideia. No seu site funciona da mesma maneira, ou seja, linkar conteúdos com bom engajamento com os de menor interação proporciona uma teia de informações, conseguindo uma maior retenção de usuários e por consequência maior probabilidade de leads.

2 – Analisar o fluxo de comportamento através do Google Analytics e confirmar se os seus usuários estão caminhando até a linha de chegada imposta por você ou sua empresa.

3 – Design responsivo não é uma tendência, é uma obrigação. Em outro texto que publiquei aqui no Ideia, relatei que em 2017, 87% das vendas de dispositivos com acesso a internet serão smartphones e tablets e que 84% das pessoas no mundo dizem que não pode sair sem seu celular por um dia.

4 – Qual o tempo de carregamento do seu site? Estamos na era do “pra ontem”, e como já dizia aquele velho ditado “quem não dá assistência, abre concorrência” e uma simples demora no carregamento pode estar desviando uma boa quantidade de potenciais clientes.

5- Entrando no princípio da relevância, duplicar o conteúdo de um outro canal no seu site através de uma tag de direcionamento favorece a percepção pelos mecanismos de busca. Um modo colaborativo e estratégico de aumentar o tráfego em ambos os sites.

Hoje em dia toda empresa bem estruturada, possui sua marca no meio digital e a otimização de conteúdo para buscas e conversão deve se tornar o objetivo destas empresas, lembrando que todas essas mudanças visam um melhor desempenho do seu site para pessoas, sendo este um princípio básico, não estamos criando conteúdo para a Rosie dos Jetsons e sim para a família Jetsons.

Felipe Dias
Analista de Business intelligence at Agência GRITO.cc

Add comment

Copyright On designer